Semana 1

Apresentação da turma.

Discussão do plano de aula.

Video: Open Access and Open Data - TYT Science https://youtu.be/ezJQ3lQYDuU de Mike Galsworthy from TYT Science presents an overview of two big "open science".

Veja mais : Funding bodies will have to force scientists to share data https://theconversation.com/funding-bodies-will-have-to-force-scientists-to-share-data-14788 Michael Galsworthy
Senior Research Associate in Health Services Research at UCL - https://theconversation.com/us

Ideias para conversação: https://theconversation.com/us/education
Leitura para crianças https://theconversation.com/is-your-kid-having-fun-reading-here-are-some-tips-39421

Procurar um emprego TI, Bibliotecário

Leituras e discussão sobre as Fontes de informação jornalísticas:

Os direitos das fontes
http://www.igutenberg.org/pesquis4.html

A fonte jornalística - http://www.gorgulho.com/?sessao=materia&idMateria=125&titulo=A-FONTE-JORNALISTICA

Usuários, conceitos, estudos de necessidades e formas de estudo
http://www.arquivista.net/2014/12/17/usuarios-conceitos-estudos-de-necessidades-e-formas-de-estudo/


Atualidade, pertinência, relevância de revistas científicas de nossa área.

Veja e escolha uma revista de 2017 e apresente a mesma no próximo encontro.

Itens de apresentação (uma página no máximo): Histórico da revista, escopo, normas, indexação, realizar cadastro para receber quando usa o ambiente Open Journal Systems.
Observar os sumários de 2017, verificar os autores, títulos dos artigos, identificar se tem ou não textos na área de sua pesquisa.

DIALNET: <https://dialnet.unirioja.es/>

Detalhe: para mestrandos pode ser na lingua portuguesa para doutorandos precisa ser em idioma : inglês, espanhol, alemão ou francês.
DOAJ

Relação Information science and librarianship, Study of (ancient and medieval) manuscripts E-ZEIT

Relação Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação BRAPCI

Observe na coleção da revista escolhida teu tema de projeto de pesquisa e faça um texto respaldando-se na literatura da respectiva publicação.
Por exemplo a Revista Digital de Biblioteconomia Ciencia da Informação, Campinas (SP) - ISSN 1678-765X, v.13, n. 2 de 2015 http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/issue/view/257/showToc

Lembre de incluir as citações e referencias de acordo com as normas da ABNT.


Leitura básica sobre fontes de informação:

CUNHA, Murilo Bastos. Para saber mais: fonte de informação em ciência e tecnologia. 2. ed. Brasília: Brinquet de Lemos, 2016. Disponível em: <https://drive.google.com/open?id=0B29V1CNqtLehYzAtVHVXdWlRVWc>

HJØRLAND, Birger; ANDERSEN, Jack; SØNDERGAARD, Trine Fjordback. UNISIST model and knowledge domains. In: Encyclopedia of library and information science: First Update Supplement. New York: CRC Press LLC, 2005. p. 129 - 135. Disponível em: < http://iva.ku.dk/ansatte/?pure=files%2F47044534%2FUNISIST_model_and_knowledge_domains.pdf >.


Discussão sobre:

Processos de leituras nas fontes de informação: oral, impressa, digital, multimídia.

Atores do processo: autor, leitor e o meio.

Leituras e discussão:

BLOGs são fontes de informação?

Blog http://cienciabrasil.blogspot.com do Prof. Marcelo Hermes-Lima, PhD Depto. Biologia Celular
Universidade de Brasilia - Co-Editor of Comp.Biochem.Physiol - Co-Editor of PLoS One

The Scientist: NewsBlog: OA publisher accepts fake paper
Posted by Bob Grant - http://www.the-scientist.com/blog/print/55756/

Sobrecarga de informação e conhecimento. Como manter-se atualizado ?

COATES, Ken. Knowledge Overload. Inside Higher Ed, 23 March 2009. Disponível em : < http://www.insidehighered.com/views/2009/03/23/coates>

LYMAN, Peter; VARIAN, Hal R. How much information? Executive summary. 2003. Disponível em: http://www.sims.berkeley.edu/research/projects/how-much-info-2003/


REYZÁBAL, María Victoria. A comunicação oral e sua didática. Bauru: EDUSC, 1999. 355p.

Sintese da página 207:

Se aceitamos que, aproximadamente, aprendizagem realiza-se:
- Pela vista, entre 40 e 83 por cento.
- Pelo ouvido, entre 11 e 25 por cento.
- Pelo tato, paladar e olfato, entre 6 e 20 por cento.
- Pelas sensações cenestésicas, entre 10 e 15 por cento.

Que o percentual de retenção procede:
- 10 por cento do que se lê.
- 20 por cento do que se escuta.
- 30 por cento do que se vê.
- 50 por cento do que vê e do que se escuta.
- 70 por cento do que se discute.
- 90 por cento do que se diz e logo se realiza.

E, além disso, que a retenção posterior:
- De 70 por cento a 3 horas e de 10 por cento aos 3 dias,
quando a aprendizagem é oral.
- De 72 por cento a 3 horas e de 20 por cento aos 3 dias,
quando a aprendizagem é somente visual.
- De 85 por cento a 3 horas e de 65 por cento aos 3 dias,
quando a metodologia é ao mesmo tempo oral e visual.

Vamos discutir e praticar durante o trimestre!

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License